Você está aqui: Página Inicial > Notícias > SPE divulga PIM - Agosto/15

Notícias

SPE divulga PIM - Agosto/15

por publicado: 02/10/2015 11h30 última modificação: 02/10/2015 11h31

- A produção industrial registrou queda de -1,2% frente ao mês anterior na série ajustada sazonalmente, sendo que o resultado veio melhor que as expectativas capturadas pela Agência Estado, que variavam de -2,15% a +0,1%, com mediana de -1,6%. Houve predomínio de resultados negativos, alcançando três das quatro grandes categorias econômicas e 14 dos 24 ramos pesquisados, sendo que entre os setores, a principal influência foi registrada por veículos automotores, reboques e carrocerias, que recuou -9,4% e atividades de coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (-1,6%). No acumulado do ano, o setor industrial registra recuo de -6,9% enquanto a taxa anualizada, indicador acumulado nos últimos 12 meses, aponta recuo de -5,7%, mantendo a trajetória descendente iniciada em março de 2014 (-2,1%).

- No confronto com mesmo mês do ano anterior, a produção industrial apresentou recuo de -9,0%, décimo oitavo recuo consecutivo, alcançando as quatro grandes categorias econômicas, 23 dos 26 ramos, 63 dos 79 grupos e 71,9% dos 805 produtos pesquisados. A produção de veículos automotores, reboques e carrocerias (-26,2%)  e coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (-8,7%) exerceram a maior influência negativa na formação da média da indústria.

- Entre as categorias econômicas, Bens de Consumo Duráveis apresentou recuo de -14,6% em agosto em relação ao mês anterior, impactado pela menor fabricação de automóveis (-12,0%), de eletrodomésticos da “linha branca” (-21,7%) e da “linha marrom” (-17,7%). Bens de capital, ao recuar -33,2% assinalou a décima oitava taxa negativa consecutiva e a mais intensa desde o ínicio da série histórica nesse tipo de comparação.

- A produção de bens de capital registrou queda de -7,6% em agosto em relação a julho, série com ajuste sazonal, e recuo de -33,2% na comparação com agosto/14.  Destaque para a redução de -31,8% de bens de capital para equipamentos de transporte, pressionada, principalmente, pela menor fabricação de caminhões, caminhão trator para reboques e semirreboques, veículos para transporte de mercadorias, reboques e semirreboques, ônibus e vagões para transporte de mercadorias, e de bens de capital para a construção que recuou -56,9%.

- A produção dos Insumos Típicos da Construção Civil caiu -12,7% na comparação com mesmo mês do ano anterior, sendo a décima oitava queda consecutiva nesta base de comparação, acarretando em um recuo de -8,5% no acumulado de 12 meses e -10,1% no acumulado do ano em 2015.

Clique aqui para acessar o PIM - agosto/15.